"Nós colhemos o que plantamos, se queremos um mundo melhor, precisamos ser pessoas melhores"

01 junho 2012

E quando a violência chega bem perto de casa?

Eu com 15 anos tive uma experiência não muito feliz, meu padrinho foi assassinado em uma briga de trânsito.
Nossa família sofre até hoje é uma dor que não passa.
E mais uma vez a violência chegou aqui, esse é um post triste.
Para quem não sabe, sou casada com o André desde 2003, e em 2008 brigamos e ficamos separados por algum tempo, esse tempo resultou em uma enteada linda pra mim a Ana Giulia, todo mundo já sabe que eu tenho um amor enorme por essa pequena que antes me chamava de Mamãe minha!!!!!
Pois bem, não sei se vocês acreditam, mas acho que tudo o que passamos ou vivemos já estava de certa forma escrita, pré destinada.
A Giulia ficou órfã, a mãe dela foi brutalmente assassinada.
E com isso eu ganhei uma filha em tempo integral.....
Espero ter muito amor pra dar para as minhas filhas.....
Amo muito essas duas.
Obrigada por todos que me enviaram mensagens de carinho.
****
Ahhhh depois tem post sobre uma passagem muito louca pela casa da Piu e da Ti...............




11 comentários:

  1. Já tinha lido à respeito da Giulia, mas não sabia exatamente da história.
    Graças à Deus ela tem à vc, que a acolheu com amor, sabendo separar as coisas.

    Fiquem com Deus.

    ResponderExcluir
  2. Van, que Deus derrame muitooooooo AMOR na sua casa. E nossa que lindo seu amor pela Giulia e dela por você. Com certeza Deus plantou esse amor, pra que essa história nunca tivesse um final triste, está sendo triste agora, mas não será pra sempre pois ela tem ainda uma família.

    Bjussssssssss e Força, ânimo e muito pique com essas duas.

    ResponderExcluir
  3. É um triste post mesmo!!!
    =(

    Agora são duas gurias... muito bom!!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Van, sorte dela ter uma mãedrasta como você, de grande coração e aceita ela como uma filha... Infelizmente esse mundo está de pernas pro ar...
    Giulia vai ser muito feliz ao lado de vocês e da irmãzinha linda dela...

    bjs

    ResponderExcluir
  5. Esta história triste se transformou num final feliz !

    Aguardando o post da visita louca kkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  6. triste mesmo,acho que tudo na vida tem um porque né!Que bom que ela tem a você...bjoos e muito força....

    ResponderExcluir
  7. ai q dó amiga, sorte dela e da mãe dela q tem uma madrasta como vc, com certeza onde a mãe dela estiver esta feliz por vcs darem todo amor a ela! bjs

    ResponderExcluir
  8. ée realmente triste!
    que deus conforte o caração dessa pequena e que bom que ela tem vcs =)

    ResponderExcluir
  9. A tristeza da morte vocês já viveram e por isso não falarei sobre ela!
    Meu comentário é sobre a alegria de ganhar uma filhota gostosa! Parabéns mamãe... e se o ácido fólico funcionar, pode ir abrindo uma creche por aí!
    Te amo minha linda!
    Beijos irmã minha kkkkkk

    ResponderExcluir
  10. Nossa Van...eu sei q a gente nao se fala mais com frequencia, mas eu conheço a historia da Giulia, contada por vc, num bate papo na casa da Zuppa, enfim...fiquei em choque com essa noticia!
    Como esta a pequena?
    Meu Deus, q sofrimento!
    E vc como está? O André?
    Mas o q aconteceu? Assalta Van?
    Nossa to em choque!

    Fica bem hein!
    Não deixe a peteca cair JAMAIS!

    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Com certeza vc tem amor de sobra pras duas! Ela tem mta sorte de ter uma madrasta q a ame como filha! Boa sorte na nova vida de mãe de duas!

    ResponderExcluir

enlouqueço ainda mais com comentários.....