"Nós colhemos o que plantamos, se queremos um mundo melhor, precisamos ser pessoas melhores"

22 abril 2012

ABORTO

Durante o julgamento do Supremo preferi nem falar no assunto, mas depois de dias pensando, eu também votaria a favor.
Eu tive um aborto á pouco tempo atrás, sei qual foi a minha frustração em engravidar, sentir enjoo e tudo mais que acompanha uma gestação e não ter um filho nos braços, no meu caso tive um aborto espontâneo (nem tão espontâneo assim, uma vez que tomei remédio), senti dor e muita dor, física e psicológica.
No meu caso tive uma gravidez anembrionária, ou seja, não havia feto, apenas um saco gestacional vazio, e pra mim já foi muito difícil passar pela gravidez interrompida com 12 semanas de gestação, não consigo pensar em passar 40 semanas sentido uma gravidez sabendo que no fim não vou ter meu filho nos braços.
Eu acredito que jamais faria um aborto mesmo sabendo da dificuldade de ter um filho com anencefalia, mas também acho que cada mãe deve fazer essa escolha.
.Penso que ter um filho é uma dádiva, um presente indescritível, uma benção sem tamanho, mas existem algumas pessoas não possuem sequer moral para ter um filho, quem dirá condições psicológicas para cuidar de um ser que necessita de cuidados especiais sempre, ter que ser muito especial pra isso.
Como advogada já ouvi cada história bizarra sobre algumas dessas pessoas que chego a pensar que o aborto nesse caso é uma escolha correta, muito mais correta que entregar o filho á um traficante ou á um pedófilo.


3 comentários:

  1. Ai amiga, esse assunto já causou tanto rebuliço como diz minha mãe! Eu sou a favor da liberdade de escolha, seja ela qual for. Não acho que uma mulher tenha a obrigação de levar uma gravidez adiante que não deseje, penso que a gravidez é um momento mágico e especial e não um fardo.

    Beijos, saudades enorme de vc!

    ResponderExcluir
  2. Oi querida... esse caso causou muita historia mesmo...
    Eu sou tb a favor da liberdade de escolha tal como Sandra..Antes tb era completamente a contra o aborto agora penso diferente... felizmente nunca passei por tal..mas imagino quem perde alguem como vc perdeu...e acho que se alguem acaba com a vida de estes seres e porque teem que ter uma razao...E melhor assim do nascer para sofrer...!
    bj

    ResponderExcluir
  3. ola,e realmente cada cabeça uma setenca.por mais dificil q seja sou a favor a vida msm q por alguns instantes.anencenfalia entrou na minha vida com 19.semanas de gestacao e complicado o meu menino q anto queria meu samuel,fiquei sem chao.mas so de ve lo ali naquele ultrassom queria cuida lo ate aonde deus me desse a graça.confesso e dificil mais pretendia leva minha gestação ate o fim.infelizmente o perdi com quase 22 semanas tive rompimento de bolsa.e doloroso o processo de perda e de saber o q iria acontecer mais msm assim eu iria ate o fim.acredito q orar e buscar a deus e deixar na mao dele ele nos sustentara e forca dará.

    ResponderExcluir

enlouqueço ainda mais com comentários.....